Depois de aplicar chapa seis ao Pêro Pinheiro, o Fátima voltou a golear, neste caso o Guadalupe, num.jogo em que os três pontos podem ser sinónimo de tranquilidade futura. Não seria de esperar outra coisa de um plantel talhado para a subida.

Complicada está a missão do Coruchense, que perdeu em casa com o Sacavenense. Não de perspectiva nada de bom para o futuro do emblema do Sorraia.

Pior ainda está o Alcanenense. Se o empate com o Mafra era bom noutras circunstâncias, neste caso foi mais um prego no caixão.

Resultados (Série D, 25.ª jornada):
Guadalupe-Fátima, 1-4
Vilafranquense-Torreense, 3-0
1° Dezembro-Caldas, 0-1
Alcanenense-Mafra, 0-0
Pêro Pinheiro-Eléctrico, 2-2
Loures-Sintrense, 1-2
Coruchense-Sacavenense, 0-1
Praiense-Lusitânia, 1-0.

Texto: Rádio Hertz