Bruno Cruz, árbitro e bombeiro profissional de Almeirim, no 11 de fevereiro, quando dirigia um jogo de futebol entre o Fazendense e o Coruchense ao prestar assistência a dois jovens jogadores que chocaram cabeça com cabeça durante num encontro de juvenis.

Perante o sucedido, a reação imediata do árbitro foi ajudar os dois jovens que chocaram com violência. Os dois atletas acabaram por não sofrer nenhuma lesão com gravidade.

Jorge Maia, Presidente do Conselho de Arbitragem, diz que “nos Cursos que este conselho ministra está é uma das áreas curriculares obrigatórias, sendo o Bruno um dos formadores que colabora nesta formação, com a área curricular dos primeiros socorros. E que os árbitros como todos os restantes agentes desportivos antes de serem árbitros são pessoas sensíveis e dispostas na colaboração da nosso sociedade”.

Texto e foto: Afsantarem.fpf.pt