O CD Fátima terminou a primeira volta do campeonato com uma vitória frente ao Eléctrico FC por 2-1, numa partida bem disputada e equilibrada em que a equipa da casa soube aproveitar da melhor maneira as oportunidades que dispôs.

O jogo começou muito disputado a meio-campo tendo o primeiro remate surgido apenas aos 15’ por intermédio de Renan Soares. A partir de então, a turma grená cresceu na partida e voltou a ameaçar, desta vez por André Sousa que, de cabeça, criou perigo.

Por cima no jogo, os pupilos de Nuno Kata conseguiram chegar à vantagem através de um canto batido para a área onde apareceu Kevyn que, de cabeça, inaugurou o marcador.

Em desvantagem, os homens de Ponte de Sor reagiram bem e criaram perigo através de Ayo e de Rafa Vicente, mas sem sucesso na finalização.

Contra a corrente do jogo o Fátima quase conseguiu aumentar a vantagem, porém Odair, perto da linha de golo, aliviou o remate de Renan.

O segundo tempo começou com a mesma toada e, o Fátima, até podia ter aumentado a vantagem, contudo Mário Mendonça, na cobrança de um pontapé de penálti, não conseguiu enganar Diogo Freire, com o guardião a negar o golo.

Com o decorrer do tempo o Eléctrico foi crescendo na partida e era quem criava mais perigo, acabando por conseguir chegar ao golo da igualdade por intermédio de Rafa Vicente que, no seguimento de uma boa jogada colectiva, isolou-se na área e rematou rasteiro para o fundo das redes.

Restabelecida a igualdade o Fátima reagiu, voltou a equilibrar a partida e conseguiu chegar ao golo da vitória depois de uma boa combinação entre Zé Miguel e Siaka Bamba em que este último surgiu na cara do guarda-redes que defendeu um primeiro remate, mas, na recarga, a bola sobrou para Mamdou Thiaw que atirou para o 2-1.

De seguida, os visitantes voltaram a mostrar muita garra e correram atrás do prejuízo, porém Valério, com boas intervenções, negou por duas vezes o golo a Miguel Oliveira.

Ainda antes do apito final o Fátima poderia ter ampliado a vantagem por André Sousa, mas a bola passou a arrasar o poste.

O trio de arbitragem teve uma prestação positiva.

CD Fátima           2
Valério, Tiago Melo, Raphael Almeida, Laranjeiro, Mário Mendonça, André Sousa (c), Siaka Bamba, Renan Soares (Caleb Carvalho, 69′), Hamza Jouini (Zé Miguel, 57′), Kevyn, Pio Júnior (Mamadou Thiaw, 33′).
Não utilizados: Miguel, Gabriel, Danny Marques, Renan Pinto.
Treinador: Nuno Kata.

Eléctrico FC        1
Diogo Freire, Ibra, Apollo, João Lobo, Paéco (c), Odair, (Issa, 61′), Lucas (Vítor, 68′), João Silva (Edema, 36′), Miguel Oliveira, Ayo e Rafa Vicente.
Não utlizados: João Marreiros, Diogo Lobato, Eduardo Duarte e Miguel Castro.
Treinador: Nuno Duarte.

Estádio Papa Francisco, Fátima
Árbitro:
Miguel Silva (AF Lisboa). Auxiliares: Márcio Azevedo e Tiago Fernandes.
Ao intervalo: 1-0.
Golos: 1-0 Kevyn (22′), 1-1 Rafa Vicente (64′), 2-1 Mamadou Thiaw (75’).
Disciplina: Cartão amarelo para João Silva (28′), Odair (56′).

Texto: Catarina Faria – Diário de Leiria