O Mação tem o título nas mãos. A equipa de João Vitorino goleou em Ourém e ainda viu o União de Tomar perder em Ferreira do Zêzere. Ou seja, nesta altura são oito os pontos de avanço. No campo Lopo de Carvalho fez-se história uma vez que o Ferreira venceu o União pela primeira vez, impedindo ainda que os nabantinos igualassem a sua melhor série da última década de nove jogos sem perder… na posse do União de Tomar treinado por Eduardo Fortes, hoje no emblema da Capital do Ovo.

Nesta jornada, nota positiva para o Fazendense, que venceu o Samora Correia e fechou um ciclo de um ano sem derrotas em casa. Para além disso, passou para vice-líder. A um ponto está o União de Almeirim, que venceu na Moçarria, demonstrando melhorias desde a entrada de Rebita.

Na luta pela fuga à descida, o Riachense largou a lanterna vermelha ao vencer o arqui-rival Torres Novas, enquanto a União Abrantina bateu o
Amiense e colocou o conjunto do concelho de Santarém a olhar para trás. Já o Cartaxo, por sua vez, não teve dificuldades em se livrar dos Empregados do Comércio.

Resultados (14.ª jornada):
Moçarriense-U. Almeirim, 0-1
Cartaxo-Empregados do Comércio, 3-0,
U. Abrantina-Amiense, 2-1
Ouriense-Mação, 0-4
Riachense-Torres Novas, 2-1
Ferreira do Zêzere-U. Tomar, 2-1
Fazendense-Samora Correia, 1-0

Texto: Rádio Hertz
Foto: O Riachense