O CD Fátima recebeu e venceu o Sintrense por 3-0, num jogo onde o resultado é enganador face ao fraco desempenho das duas equipas.

O primeiro tempo começou muito disputado a meiocampo, tendo o primeiro remate saído aos 10’ por parte dos homens de Sintra. Desde então as equipas mostraram grandes dificuldades em construir jogadas e criar perigo.

A meio da primeira parte, André Sousa foi derrubado no interior da área e, o árbitro, sem dúvidas, assinalou grande penalidade. Mário Mendonça, na cobrança do castigo máximo, não vacilou e inaugurou o marcador.

O Sintrense tentou reagir e, até ao final da primeira metade, criou várias oportunidades de golo através Paulo Lima, Fábio Marinheiro e Pipas, mas a bola saiu sempre por cima da baliza defendia por Valério.

Na segunda parte, o CD Fátima entrou melhor e, logo nos primeiros minutos, após uma jogada individual de Phillipe, este cruzou para o interior da área onde apareceu Pio Júnior que, de primeira, atirou para fora.

Após o começou mais forte por parte da equipa da casa, a partida começou a inverter-se e o Sintrense cresceu na partida, conseguia ter capacidade para chegar junto da baliza adversária, mas sem grande perigo. Já o Fátima estava com dificuldades em sair do seu meio-campo.

A meio do segundo tempo, numa investida de Renan Soares, este foi travado em falta junto da área por Medina, recebendo ordem de expulsão. Na cobrança do livre, Mário Mendonça tirou as medidas à baliza e, com classe, fez o 2-0.

Pouco depois Hamza, através de um pontapé de canto, colocou a bola no interior da área, Jian Wei aliviou mal a bola, e esta chegou até Renan Soares que rematou de primeira para o 3-0.

Em inferiordade numérica, o Sintrense perdeu o folgo e o Fátima conseguiu chegar mais perto da área adversária, sendo a oportunidade mais perigosa a criada após o cruzamento de Miguel Neves para área onde estava André Sousa que, com remate forte, obrigou Jian Wei a fazer uma boa defesa.

Arbitragem com alguns erros.

CD FÁTIMA        3            
Valério, Tiago Melo, Raphael Almeida, André Sousa, Laranjeiro, Mário Mendonça, João Martins, Hamza Jouini (Mamadou Thiaw, 82’), Renan Soares (Renan Pinto, 83’), Phillipe (Miguel Neves, 75’) e Pio Júnior.
Não utilizados: Miguel Gonçalves, Mauro Pereira, Dany Marques e João Jesus.
Treinador: Nuno Kata.

SU SINTRENSE  0
Jian Wei, Fábio Pala, Rúben Ribeiro, Ibraim, Fábio Marinheiro, Pipas, Mota (Ma Mingao, 81’), Filipe Gaspar (Siaka Bmba, 75’), Paulo Lima, Medina, Magique.
Não utilizados: Filipe Leão, Diogo Baltazar, Meira, Diogo Freire e Gao Hao.
Treinador: Carlos Simões.

Estádio Papa Francisco, Fátima
Árbitro: Hugo Pacheco (AF Porto).
Auxiliares: José Martins e Pedro Andrade.
Ao intervalo: 1-0.
Golos: 1-0 Mário Mendonça (20’), 2-0 Mário Mendonça (78’), 3-0 Renan Soares (80’).
Disciplina: Amarelo para Medina (34’, 76’), Laranjeiro (35’). Vermelho para Medina (76’).

Texto: Catarina Faria – Diário de Leiria