O Mação ficou mais líder após a nona jornada. Os comandados de João Vitorino venceram em Torres Novas graças a um tento solitário de Miguel Luz, resultado que lhes permite fugir não só dos “amarelos” mas também do Fazendense. Os “charnecos” continuam no segundo posto, é verdade, e sem perder. Salvaram um ponto no derbie diante do União de Almeirim, desfecho que atrasa ainda mais os unionistas na luta pelo título. Ainda para segundo passou o Samora Correia, que regressou às vitórias, neste caso diante do Amiense.

Registo, depois, para um grupo de quatro equipas, onde estão Ferreira do Zêzere e Ouriense, por exemplo. Os comandados de Eduardo Fortes golearam o Moçarriense e somaram o quinto triunfo seguido. Não perdem há seis desafios e não sofrem golos há quatro. Fantásticos! Muito boa está, também, a ser a prestação do Ouriense. A equipa de Mário Nelson bateu a União Abrantina e está, assim, a um ponto do segundo lugar… nada mau para quem tem andado com reformulações atrás de reformulações.

Quem se estreou a vencer fora de portas foi o União de Tomar. A formação de Lino Freitas esteve avassaladora no campo dos Empregados do Comércio, exibindo-se como um verdadeiro candidato. Já os “caixeiros”, após a saída de Mário Ruas, vão ter dificuldade em sair de onde estão. A surpresa da jornada foi protagonizada pelo Riachense. Saiu Vitor Serra e entrou Miranda. E esta mudança traduziu-se na primeira vitória dos alvinegros e logo diante de um Cartaxo autointitulado candidato ao título… mas que há muito já fez por merecer esse estatuto.

Texto: Rádio Hertz
Foto: Jornal Torrejano