O CD Fátima recebeu e venceu o Caldas por 2-1, naquela que foi uma partida dominada pelo CD Fátima que, no entanto, ainda se assustou com o atrevimento da equipa visitante, permitindo uns últimos minutos de grande ansiedade.

A turma grená assumiu cedo as rédeas da partida e, aos 10’, deixou o aviso após um cruzamento de Stoffel para o interior da área, mas Guilherme Silva rematou por cima da baliza. Pouco depois, após um passe de Veríssimo, Bruno, à entrada da área, tentou o remate, que, no entanto, passou ao lado.

O Fátima estava por cima na partida e o golo acabou por aparecer com naturalidade, quando Veríssimo seguiu embalado no ataque, chegou à linha de fundo e cruzou para o interior da área onde se encontrava Guilherme Silva, que rematou contra um defesa. No ressalto, Bruno, com um remate colocado, inaugurou o marcador.

Os pupilos orientados por Nuno Domingos não baixaram o ritmo e, aos 29’, Stoffel colocou o esférico dentro da área e Miguel Fernando, de cabeça, fez o 2-0.

O Caldas, em inferioridade no marcador, tentou responder após uma boa jogada de Miguel Rebelo, porém Bruno Vieira, na hora da finalização, rematou muito por cima.

No segundo tempo a partida ficou mais equilibrada e com menos oportunidades claras de golo. O Caldas fechou bem as portas para a baliza, impedindo o Fátima de criar perigo perto da área.

O Fátima estava em crescendo na partida. Contudo, numa perda de bola junto da área fatimense, Miguel Rebelo não vacilou e, após passar pelo o último defesa, fez o 2-1. A equipa visitante cresceu na partida e, numa jogada ofensiva, Diogo Fortes foi derrubado no interior da área, o árbitro sem dúvidas assinalou grande penalidade. Miguel Rebelo foi chamado a bater o castigo máximo, mas viu António a fazer uma belíssima defesa e a negar-lhe o golo.

Até ao apito final foi notória a ansiedade e nervosismo de ambas as equipas em querer fazer o golo, porém era o Fátima que mais arriscava no ataque, mas sem real perigo.

Arbitragem positiva.

CD FÁTIMA 2
António, Miguel Lourenço, Artur Oliveira (c), Tomás, Alex Dias, Bruno, Miguel Fernando (João Antunes, 62’), Guilherme Veríssimo, Stoffel (Gustavo, 56’), Guilherme Santos, Guilherme Silva (Lucas Marques, 67’).
Não jogaram:Paulo Pinto, Luís Pedro, Hélder Lopes e Dário.
Treinador: Nuno Domingos.

CALDAS SC 1
Afonso Botelho, Rodrigo Santos, Guilherme Santos, Miguel Rebelo (c), Rafael Pinheiro (35′), Diogo Soares, Thomas Milroy, Tomás Silva (35′), Bruno Vieira (35′), Diogo Fortes, David Gesteiro (62′).
Não jogaram:Guilherme Maranhão, Salvador Moreira, João Carvalho.
Treinador: Luís Lopes.

Campo João Paulo II, Fátima
Árbitro: João Silva (AF Castelo Branco).
Espectadores: 50.
Ao intervalo: 2-0. Golos: 1-0 Bruno (18’), 2-0 Miguel Fernando (29’), 2-1 Miguel Rebelo (47’).
Disciplina: Nada a registar.

Texto e foto: Catarina Faria – Diário de Leiria