Depois de já ter sido jogador e treinador adjunto do Centro Desportivo de Fátima, Nuno Kata está de regresso ao clube, desta vez para substituir João Bastos no comando técnico da turma ribatejana. O ex-treinador e director desportivo da UD Leiria diz estar de volta para “tentar tirar o Fátima desta situação”.

“Como adepto, também me dói ver o Fátima nesta situação na tabela classificativa” revela o técnico de 39 anos.

Quanto aos objectivos, o novo treinador do clube fatimense diz querer “disputar jogo a jogo, lutar pelos três pontos e ver o que a classificação vai dizer”. “Consoante isso vamos ver por que objetivos podemos lutar”, disse em conferência de imprensa.

Recorde-se que o Fátima, em quatro jogos disputados para o campeonato tem apenas um empate, mas na classificação surge com quatro pontos, fruto de uma vitória na secretaria frente ao Lusitânia.

“É nosso dever melhorar o momento do Fátima e não tenho dúvidas que o vamos fazer. O Fátima costuma ser das melhores equipas deste campeonato e vai ter que o ser outra vez. Temos qualidade, alguma experiência, muita juventude e queremos ser uma equipa competitiva nesta série, que é muito forte”, remata o novo treinador do CD Fátima.

Nuno Kata já assistiu da bancada à vitória do CD Fátima, no passado domingo, frente ao Eléctrico de Ponte de Sôr por 4-2, após prolongamento, em jogo a contar para a segunda eliminatória da Taça de Portugal.

A restante equipa técnica será composta por Carlos Gonçalves (Treinador adjunto), Bruno Ferreira (Preparador Físico) e Filipe Moreira (Treinador de guarda-redes).

Texto: Tiago Oliveira Marques