Yaser Bem Hamida foi absolvido pelo Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol.

O director-geral da SAD do Fátima estava acusado de ofensas corporais ao árbitro Ricardo Moreira, por ocasião do duelo entre ribatejanos e Torreense, a contar para o apuramento de subida do Campeonato de Portugal da última temporada.

Depois do acórdão do Conselho de Disciplina punir Yaser com um ano de suspensão, tanto o visado como o clube apresentaram recurso e viram, agora, o Conselho de Justiça dar razão a esse protesto, ou seja, Bem Hamida não agrediu o juiz do citado jogo.

Ainda assim, refira-se que o Fátima foi punido com um jogo à porta fechada, decisão que «respeitamos mas não aceitamos», refere o clube num texto enviado para a redacção da Hertz.

Texto e foto: Rádio Hertz