O jogo entre as equipas seniores do Grupo Desportivo de Marinhais e da Associação Recreativa do Porto Alto (AREPA), realizado na tarde deste domingo, 29 de janeiro, foi interrompido aos 84 minutos, após agressões entre jogadores das duas equipas, e por o árbitro considerar que não estavam reunidas as condições de segurança necessárias, apesar da intervenção da GNR.

Segundo a Rádio Tejo FM, tudo começou com uma troca de agressões entre um jogador da AREPA e o guarda-redes do Marinhais, que levou à posterior entrada de elementos dos bancos no terreno de jogo. A GNR teve de intervir para serenar os ânimos entre jogadores e adeptos, mas o árbitro acabaria por dar por concluída a partida por falta de condições.

Na altura da interrupção, o Marinhais, terceiro classificado da Série B da segunda divisão distrital da Associação de Futebol de Santarém, vencia por 1-0, faltando agora saber qual a decisão do organismo que tutela o futebol distrital que deverá abrir um inquérito sobre o assunto.

Texto: Rede Regional