O Ferreira do Zêzere esteve perto de subir à 1.ª Divisão Distrital na última temporada mas falhou no play-off de acesso ao escalão maior da Associação de Futebol de Santarém. Apesar disso, a direcção do clube apostou na continuidade e esse caminho, pelo menos para já, está a demonstrar ser o correcto uma vez que a equipa está bem e recomenda-se. Basta dizer que com nove jornadas disputadas soma sete vitórias, um empate e apenas uma derrota, números que lhe valem estar à frente da concorrência mais directa por seis pontos. A formação treinada pelo tomarense Rui Bugalhão não tem dado mostras de facilitar neste primeiro caminho que consiste em chegar à luta pela subida e só mesmo uma hecatombe é que a iria colocar de fora dessa “batalha”.

Mais equilibrada está a Série B. Na frente está o União de Santarém, de Nuno Guerra, com apenas mais um ponto do que Benfica do Ribatejo e Marinhais – duas equipas que tentam o regresso ao mais alto patamar distrital – sendo que o Moçarriense também está à espreita e apesar de estar na quarta posição tem apenas menos dois pontos do que o comandante escalabitano. Registo para a particularidade do União de Santarém nos jogos em casa, onde soma por vitórias os jogos realizados.

Fonte: Rádio Hertz