O internacional húngaro Ádám Nagy, de 21 anos, um dos jogadores em maior destaque na equipa “magiar” que esta quarta-feira, 22 de junho, defronta Portugal no terceiro e decisivo encontro do Euro 2016, que se está a realizar em França, fez parte da sua formação em Portugal, mais concretamente em Rio Maior.

O médio, nascido em Budapeste a 17 de junho de 1995, que atualmente joga do Ferenkvaros, esteve um ano em Rio Maior, na época de 2012/13, integrando a Academia VSI Rio Maior, equipa do VisionPro Sports Institute (VSI), liderado por antigas estrelas do futebol inglês como Ian Wright e Mark Hughes, que jogou uma época no campeonato de juniores da Associação de Futebol de Santarém.

Na altura Ádám Nagy tinha apenas 17 anos e chegou a efetuar jogos com as formações jovens do Benfica e do Sporting, mas não despertou grande interesse.

Quatro anos volvidos a situação é bem diferente e o médio húngaro, além de ser uma das revelações do Euro 2016, estará a ser seguido pelo Benfica e pelo Sporting de Braga, isto segundo informações insistentes da imprensa desportiva.

Um motivo extra para quem gosta de futebol seguir amanhã o Portugal – Hungria, marcado para as 17h00 no Parc Olympique Lyonnais, em Lion, França, e transmitido pela RTP, que será decisivo para a seleção portuguesa seguir em prova ou regressar a Portugal.

Fonte: Rede Regional