Foi um dos episódios da noite durante o jogo de Portugal de sexta-feira, em Leiria. Diogo, de 13 anos, invadiu o relvado e correu para abraçar Renato Sanches, que tinha entrado em jogo há poucos minutos, na estreia ao serviço da seleção principal. O jovem confessou, em declarações à RTP, que foi um impulso… “Estava na bancada e fugi dos meus pais. Como sou o número 24, como o Renato Sanches, onde eu jogo, na Escola Geração Benfica da Golegã, não sei o que se passou, deu-me um ‘vipe’, saltei para dentro de campo e cumpri o meu sonho. É o meu ídolo, é jovem e tem muito talento para dar ao mundo. Disse-me “obrigado pelo teu apoio e vou-te dar a minha camisola”.

Texto e foto: www.ojogo.pt