O Fátima voltou a ter uma nova vítima, desta feita, o Fazendense que se deslocou à Eira da Pedra onde acabou por sair derrotado por 3-0 numa partida em que o resultado poderia, até, ter sido mais folgado face à ‘chuva’ de oportunidades criada pela turma da casa.

A turma da casa desde cedo que deixou claro que queria conseguir arrecadar os três pontos e prova disso foi quando Fábio Coça, logo nos primeiros dez minutos, com um remate de fora da área obrigou Nuno a fazer uma belíssima intervenção.

Os pupilos de Luís Morgado estavam com ganas de marcar e tentaram-no fazer através de João Martins e Ednilson, mas Nuno, atento, negou o golo aos homens da casa.

Numa nova investida ofensiva, Pedro Emanuel trabalhou bem na área e de seguida assistiu João Martins que, à entrada da área, com um remate forte levou a bola a passar por cima da baliza.

Ainda antes do apito para o intervalo, Ednilson numa excelente iniciativa individual, passou pelo guarda-redes e já no interior da área, hesitou em rematar e acabou por assistir Fábio Coça que, com um remate forte, levou a bola ao travessão.

O segundo tempo começou com a mesma toada, porém acabou por ser um início feliz para a turma grená que após três minutos decorridos conseguiu inaugurar o marcador: Laranjeiro bateu um livre direto, o guardião do Fazendense não conseguiu agarrar a bola e, na recarga, Bruno Heleno fez o primeiro no jogo.

Em desvantagem no marcador o Fazendense não baixou os braços e foi à procura de estabelecer a igualdade tendo, inclusive, obrigado a formação fatimense a recuar no terreno, porém a bola acabou por nunca chegar com muito perigo junto da baliza de Nuno Ribeiro.

E como quem não marca sofre, o Fátima nos últimos minutos ‘acordou’ e em menos de dois minutos conseguiu aumentar a vantagem, primeiro através de uma excelente arrancada de Fábio Coça que cruzou para o interior da área onde apareceu Serginho que só teve de encostar para o fundo da baliza.

Já nos descontos, Fábio Coça lançou Serginho na frente que sozinho com guarda-redes fez o 3-0 bisando, assim, na partida.

A equipa de arbitragem esteve bem a nível tático, apresentando alguns erros a nível disciplinar.

CD Fátima   3
Nuno Ribeiro, Fábio Coça, André Sousa (c), Bruno Heleno, Ivan Buha (Jorge Neves, 89′), Nuno Laranjeiro, João Martins, Imran Adam, Serginho Machuqueir, Ednilson Furtado (Miguel Neves, 70′), Pedro Emanuel (Cedric, 44′).
Não jogaram: Hélio Santos, Leandro Filipe, Vasco Gonçalves, Luisito Bernardino.
Treinador: Luís Morgado (Substituiu João Henriques que estava castigado).

AD Fazendense   0
Nuno, Melro (Tiago Santos, 90+1′), Frederico Duarte, Fábio, Licá, Zé Miguel (Salcedas, 55′), Gabi, Edu, Luís Carlos (Peralta, 59′), Joel e Tiaguinho.
Não jogaram: Sérgio Monteiro, Carlos Sousa.
Treinador: Gonçalo Silva.

Estádio Municipal de Fátima
Árbitro: Pedro Caseiro.   Auxiliares: David Silva e Miguel Santos.
Espectadores: 143.
Ao intervalo: 0-0.
Golos: 1-0 Bruno Heleno (48′), 2-0 Serginho (89′), 3-0 Serginho (90+1′).
Disciplina: Amarelo a Serginho (24′), João Martins (44′), Edu (44′) Ednilson (45′), André Sousa (70′), Fábio Coça (76′), Joel (45′).

Texto: Catarina Faria
Foto: Facebook – CD Fátima