No pontapé de saída do campeonato nacional de iniciados, o CD Salvaterra de Magos recebeu e foi derrotado pelo NS Rio Maior por 3-4.

O jogo começou com as duas equipas a respeitarem-se mutuamente, porém foi a equipa visitante que logo aos 8′ inaugurou o marcador. Rafael Loureiro recebeu a bola e sozinho com Sandro Silva fez o primeiro da partida.

Os pupilos orientados por Paulo Andrade não se deixaram ir a baixo e, depois de várias investidas, eis que perto do intervalo na cobrança de um livre directo Guilherme Cardoso bateu forte e a bola só parou dentro da baliza.

O segundo tempo começou com a mesma toada, muito equilibrada, porém Marco Faria, aproveitou o adiantamento de Sandro Silva e rematou de fora da área e fez o 1-2.

Na resposta, grande arrancada de Pedro Apolinário que só foi parado dentro da área. O árbitro, sem dúvidas, assinalou grande penalidade e, Guilherme na cobrança do castigo máximo fez o golo do empate.

A turma orientada por Fábio Silva reagiu e voltou a estar por cima no jogo, tendo chegado ao terceiro golo. Rafael Loureiro recebeu a bola na área e de primeira, rematou para o fundo da baliza.

O Salvaterrense não baixou os braços e aos 55′ Pedro Nortista aproveitou o mau alívio do defesa riomarenense e fez o 3-3.

Quando faltavam apenas 10 minutos para o final do jogo, a equipa de Rio Maior na cobrança do pontapé de cantou enviou a bola para o interior da área e, depois de alguma confusão, Diogo Marques aproveitou da melhor maneira e sentenciou o resultado em 3-4.

Até ao final do jogo viu-se muita vontade da equipa do Salvaterra na procura do empate, contudo não era o dia de ‘sorte’ e isso ficou claro quando em cima do apito final Guilherme Cardoso na cobrança de um livre directo mandou a bola à barra.

 

CD Salvaterrense       3
Sandro Silva, Gabriel Cabo (Rafael Marques), Guilherme Cardoso, Francisco Jacinto, Luís Tiago (Afonso Caldeira), João Ramalho, Pedro Nortista, Pedro Soares (Afonso Vagarinho), João Bernardo (Vicente Cardoso), João Guilherme (Pedro Apolinário), João Ricardo.
Não jogaram: Gonçalo Moisés e Pedro Afonso.
Treinador: Paulo Andrade.

NS Rio Maior               4
Vítor Lisboa, João Afonso Mendes, João Oliveira, David Silva “Xoné” (Sampaio), Miguel Ferreira (Joaquim), Marco Faria, Rafael Loureiro, João Mendes, João Atela (Cerveira), João Formiga, Diogo Marques (Rui Catela).
Suplentes: Pedro Rodrigues, Rafael Fonseca, João Gomes.
Treinador: Fábio Silva.

Complexo Desportivo de Marinhais, Salvaterra de Magos
Árbitro: Ricardo Bonito (AF Coimbra).     Auxiliares: Luís Sousa e Mário Santos.
Ao intervalo: 1-1.
Golos: 0-1 Rafael Loureiro (8′) 1-1 Guilherme Cardoso (25′), 1-2 Marco Faria (40′), 2-2 Guilherme Cardoso (42′), 2-3 Rafael Loureiro (50′), 3-3 Pedro Nortista (55′), 3-4 Diogo Marques (63′).
Disciplina: Marco (18′), Guilherme Cardoso (25′), Loureiro (60′).

Texto: Orlando Marques