Em jogo de infantis, do Campeonato Distrital Infantil Nível Série A, o U. Tomar recebeu e foi derrotado pelo CADE por 2-3. Uma partida equilibrada e com bastantes oportunidades para os dois lados, no qual a formação visitante assegurou a passagem à próxima fase.

O CADE entrou melhor e acabou por assumir as rédeas da partida. Foi criando sucessivas oportunidades de golo que iam sendo travadas, pelas excelentes intervenções de Ricardo Santos.

Depois de tanto insistir, perto do intervalo a formação visitante adiantou-se no marcador. Fábio Gonçalves cruzou para o interior da grande área, Sandro Lourenço apareceu ao 1.º poste e desviou para o fundo da baliza. Na resposta, a equipa da casa idealizou a única oportunidade do jogo, mas João Correia estava atento e defendeu.

O segundo tempo foi mais equilibrado, com ocasiões de golo para as duas equipas. O U. Tomar aproveitou a boa fase no jogo e, num contra ataque, Rodrigo igualou a partida.

No entanto, a resposta da equipa do Entroncamento não tardaria e, logo no minuto seguinte, João Miguel fez 1-2. Pouco depois, Tomás Sentieiro ampliou a vantagem, na transformação de uma grande penalidade.

Até ao final da partida, a formação da casa desperdiçou uma grande penalidade, com a bola a ir ao poste. Porém, perto do apito final, veio a reduzir a desvantagem, por intermédio de Diogo Pereira.

 

U. Tomar          2
Ricardo Santos, Guilherme Rita, Rodrigo Graça, Samuel Lopes, Diogo Silva, António Alves, Fábio Conde.
Suplentes: Diogo Pereira, Rafael Pimpão, Miguel Silva.

CADE         3
João Correia, Guilherme Boavida, Francisco Bastos, João Catatão, Tomás Sentieiro, João Ferreira, Bruno Augusto.
Suplentes: Rafael Correia, Sandro Lourenço, Fábio Gonçalves, Francisco Barrote, Rafael Lopes.

Estádio Municipal de Tomar
Ao intervalo: 0-1.
Golos: Sandro Lourenço (28′), Rodrigo Graça (49′), João Ferreira (50′), Tomás Sentieiro (53′), Diogo Pereira (59′).

 

Texto: Ricardo Pereira