O Alcanenense não foi para além de um empate (2-2) caseiro frente ao CD Fátima, num jogo com uma primeira parte sem muita história, mas um segundo tempo cheio de emoções e de golos.

A formação da casa foi quem começou melhor e, logo aos 11’, Turé aproveitou um erro de Walney dentro da área, recuperou a bola, assistiu Elton que rematou forte e obrigou Rodolfo a fazer uma excelente intervenção.

Os fatimenses deram o primeiro sinal na partida, através de um remate de longe de Romário, no qual Wilson estava atento e defendeu.

Ao contrário do que aconteceu no início da partida, no segundo tempo, foi o Fátima quem entrou melhor e obrigou Wilson a fazer duas belíssimas intervenções.

O jogo foi começando a aquecer e Elton viu o segundo cartão amarelo e foi expulso. No entanto, mesmo em desvantagem numérica, os homens de Alcanena, foram à procura do golo e, aos 69’, Peu arrancou pela esquerda e, já no interior da área cruzou atrasado para Turé e este com um belo remate colocado inaugurou o marcador.

Mas o conjunto orientado por Alexandre Coutinho não se quis ficar por aqui e foi à procura de outro golo. E, numa investida ofensiva, Turé foi derrubado no interior da grande área e o árbitro assinalou grande penalidade. Na cobrança do castigo máximo, Kelwin não vacilou e ampliou a vantagem.

Mesmo com menos um jogador em campo, a formação da casa estava por cima no jogo, o que levou a um Fátima mais agressivo originando a expulsão de Jorge Neves.

Em igualdade numérica, foi o CD Fátima quem mais lutou para conseguir corrigir os erros e levar um resultado melhor para casa. E, na sequência de uma falta no interior da grande área, o árbitro assinalou grande penalidade. André Fontes não facilitou e reduziu a desvantagem.

Já perto do apito final, Damil rematou para o interior da área do Alcanena, Wilson ainda defendeu à primeira, mas na recarga Walneu fez o 2-2. E ainda antes do término da partida, Bruno Correia foi para a rua, ficando em campo apenas nove jogadores do Fátima.

AC Alcanenense       2
Wilson Soares, Assane, Daniel Cardoso, Paz Miguel, Peu, Filipe Faia, Leandro Santos (63’ Kelvin), Elton, Turé, Carlos Oliveira (70’ Bruno Rolo), Lélé (63’ Bruno Rodrigues).
Não jogaram: Vítor, Pedro Gil, Bruno, Có.
Treinador: Alexandre Coutinho.

CD Fátima     2
Rodolfo, Damil, Walney, Romário, André Fontes, Apollo, Jorge Neves, Pinéu (45’ Maurício), Elton (83’ Bruno Correia), Tiago Fernandes (74’ Bernardo), Tiago Figueiredo.
Não jogaram: Pimentel, Matias, Alcides, Faisal.
Treinador: Ricardo Monsanto.

Estádio Municipal Joaquim Maria Baptista, em Alcanena
Árbitro: Bruno Jesus (AF Lisboa).    Auxiliares: António Franco e Cláudio Maroto.
Ao intervalo: 0-0.
Golos: 1-0 Turé (69’), Kelvin (71’, g.p), André Fontes (85’, g.p), Walney (87’).
Disciplina: Vermelho a Elton (60’), Jorge Nves (77’), Bruno Correia (89’); Amarelo a Elton (7’), Jorge Neves (13’), Carlos Oliveira (34’), Maurício (46’), Elton (56’), Filipe Faia (63’), Damil (71’), Turé (75’), Daniel Cardoso (84’).

Texto: Francisco Henriques
Foto: O Riachense